cadastre seu e-mail

qual é o seu filho predileto?


Certa vez perguntaram a uma mãe qual era seu filho preferido, aquele que ela mais amava, pelo qual sentia mais alegria e amor.
Ela com um suave sorriso baixou a cabeça por alguns instantes e respondeu:
Amigo, nada é mais volúvel do que o coração de uma mãe!
Meio sem entender o que essa mãe quis dizer, a mãe foi novamente questionada:
Como assim? Não entendi!
Vou responder detalhadamente a sua pergunta, de forma que você entenda, tendo como base o coração de mãe, disse a mulher olhando em seus olhos:
O meu filho predileto, aquele a quem me dedico de corpo e alma, é o meu filho doente até que sare…
O que partiu, até que volte…
O que está cansado, até que descanse…
O que está com fome, até que se alimente…
O que está com sede, até que beba…
O que está estudando, até que aprenda…
O que está nu, até que se vista…
O que não trabalha, até que se empregue…
O que namora, até que se case…
O que casa, até que seja feliz no casamento…
O que é pai, até que crie seus filhos…
O que prometeu, até que cumpra…
O que chora, até que seja consolado…
E já com o pensamento bem distante e com uma feição meio entristecida no rosto:
O que me deixou, até que o reencontre…

Parabéns mães pelo seu dia! E obrigado por tudo que fazem por nós, seus filhos!

Sou Forte.JESUS


Resultado de imagem para pedraCerto dia, a pedra disse:
"Eu sou forte!"
Ouvindo isso, o ferro disse:
"Eu sou mais forte que você! Quer ver?"
Então, os dois duelaram até que a pedra se tornasse pó.


Resultado de imagem para o ferro

O ferro, por sua vez, disse:
"Eu sou forte!"
Ouvindo isso, o fogo disse:
"Eu sou mais forte que você! Quer ver?"
Então os dois duelaram até que o ferro se derretesse.






Resultado de imagem para o fogo

O fogo, por sua vez, disse:
"Eu sou forte!"
Ouvindo isso, a água disse:
"Eu sou mais forte que você! Quer ver?"
Então, os dois duelaram até que o fogo se apagasse.






Resultado de imagem para a aguaA água, por sua vez, disse:
"Eu sou forte!"
Ouvindo isso, a nuvem disse:
"Eu sou mais forte que você! Quer ver?"
Então, as duas duelaram até que a nuvem fez a água evaporar.






Resultado de imagem para A nuvem
A nuvem, por sua vez, disse:
"Eu sou forte!"
Ouvindo isso, o vento disse:
"Eu sou mais forte que você! Quer ver?"
Então os dois duelaram até que o vento soprasse a nuvem e ela se desfizesse.

Resultado de imagem para O ventoO vento, por sua vez, disse:
“Eu sou forte!"
Ouvindo isso, os montes disseram:
"Nós somos mais fortes que você! Quer ver?"
Então, os dois duelaram até que o vento ficasse preso dentre o círculo de montes.



Resultado de imagem para Os montesOs montes, por sua vez, disseram:
"Nós somos fortes!"
Ouvindo isso, o homem disse:
"Eu sou mais forte que vocês! Querem ver?"


Resultado de imagem para o homem

Então, o homem, dotado de grande inteligência, perfurou os montes, impedindo que eles prendessem o vento.

Acabando com o poder dos montes, o homem disse:
"Eu sou a criatura mais forte que existe!"






Resultado de imagem para a morteAté que veio a morte, e o homem que achava ser inteligente e forte suficiente, com um golpe apenas, acabou-se.

A morte ainda comemorava, quando, sem que ela esperasse, veio um HOMEM e, com apenas três dias de falecido, ressuscitou, vencendo a morte e todo poder foi Lhe dado no céu, na terra e debaixo da terra.





Vencendo a morte, ELE nos deu o direito a Vida Eterna, através do seu sangue, que liberta do pecado, cura as enfermidades e salva a alma do tormento eterno.

Esse homem é JESUS, o Filho de DEUS.

"Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá.
E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá.”
(João 11:25-26)

Vendedor de Ovos



Uma senhora estava passando pelas ruas quando se deparou com um senhor vendendo ovos. Ela então perguntou: "Por quanto você está vendendo os ovos?" 

O velho vendedor respondeu: "50 centavos cada um senhora". 

Ela disse: "Vou levar 6 ovos por R$ 2,50 senão nada feito e vou embora". 

O velho vendedor respondeu: "Pode levá-los ao preço que a senhora deseja. Pelo menos já é alguma coisa, pois não consegui vender nem um único ovo hoje mesmo". 

A senhora então pegou os ovos e se afastou sentindo que saiu ganhando. Entrou em seu belo carro e foi a um restaurante elegante com sua amiga. Lá as duas pediram o que quiseram. A conta ficou em R$ 315,00. A senhora pagou R$ 350,00 e pediu ao proprietário do restaurante para ficar com o troco. 

Este incidente pode ter parecido bastante normal ao proprietário do restaurante, mas muito doloroso para o pobre vendedor de ovos. 

O objetivo é saber: Por que sempre mostramos que temos o poder quando compramos dos necessitados e por que ficamos generosos com aqueles que nem precisam tanto da nossa generosidade

Uma vez li em algum lugar: 

"Meu pai costumava comprar bens simples de pessoas pobres a preços elevados, mesmo que ele não precisasse deles. Às vezes, ele costumava pagar mais por eles. Fiquei intrigado com este ato e perguntei por que ele fazia isso.

Então meu pai respondeu: 

"É uma caridade embrulhada com dignidade, meu filho"." 

Autor desconhecido